segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Clique aqui para responder ou para ver mais recados e comentários...

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

O que é a Célula; Tipos de Células

A célula é a unidade básica da vida. É constituída por diversas estruturas celulares (organitos celulares), como por exemplo o núcleo, citoplasma e membrana nuclear. Existe uma grande diversidade de células (tamanho, forma, complexidade).
O núcleo é um organito muito importante, ele assegura o bom funcionamento da célula (é o "cérebro"). O citoplasma é constituído por água e contém os restantes organitos celulares (mitocôndrias, complexo de golgi, retículo endoplasmático, etc...), a água é fundamental, pois as reacções químicas nos seres vivos só se dão em meio aquoso (em água). A membrana celular controla a entrada e saída de substâncias da célula e também lhe dá forma.

As células podem-se classificar em Procariotas ou em Eucariotas.

Quando a vida apareceu na Terra, apareceu na sua forma mais simples, seres unicelulares procariontes, como por exemplo a cianobactéria ("alga azul"), que aparece nas águas não tratadas.

As células procariotas são células simples cujo núcleo não está delimitado por uma membrana nuclear.
Os seres procariontes como as bactérias e a cianobactéria, deram origem a seres unicelulares cuja célula era mais complexa, ser procarionte-célula procariota.



Diferença entre célula animal e vegetal
Como sabes, os vegetais realizam a fotossíntese, os animais não. Como tal as células vegetais têm estruturas especializadas para a fotossíntese, são os cloroplastos. A célula vegetal tem parede celular, para além da função de controlar o que sai e entra na célula, dá-lhe também estrutura. As células vegetais têm também vacúolos. Os restantes organitos são comuns aos dois tipos de células, com excepção dos centríolos que fazem parte da constituição das células animais.






Powerpoint sobre Organização Celular


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


terça-feira, 28 de outubro de 2008

Ficha de Trabalho com a Constituição do Microscópio


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

Invenção do microscópio e Teoria Celular

A invenção do microscópio, em 1590, permitiu desvendar várias áreas do conhecimento no campo da Biologia. O conhecimento da célula, e dos seus constituintes, só foi possível graças ao o uso do microscópio. Os primeiros microscópios que se construíram possuíam apenas uma lente e chamavam-se, por isso, microscópios simples. Depois, associaram-se duas ou mais lentes surgindo, assim, os microscópios compostos.


Robert Hooke, em 1665, observou cortiça ao microscópio e verificou que era formada por pequenas cavidades, separadas por tabiques, a que deu o nome de células. A hipótese de que todos os seres vivos são constituídos por células foi ganhando crédito, à medida que iam sendo aperfeiçoadas as lentes, que permitiam observações mais precisas da estrutura interna dos seres vivos.


- Em 1838, Mathias Schleiden concluiu que todas as plantas eram constituídas por células e, em 1839, Theodore Shwann estendeu a generalização aos animais.
Estes dois investigadores propuseram as bases da Teoria Celular:



Teoria Celular:-A célula é a unidade básica da estrutura e da função de todos os seres vivos, isto é, todos os organismos são constituídos por células, nas quais se desenvolvem os processos vitais.
-Todas as células provêm de células pré-existentes.
-A célula é a unidade de reprodução, de desenvolvimento e de hereditariedade dos seres vivos.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Documento sobre Ambientes Terrestres


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

O que é a biodiversidade?

Biodiversidade é o mesmo que dizer diversidade biológica.Genericamente: É a soma de todas as formas de vida que habitam o planeta.
Significa a variabilidade de organismos vivos, compreendendo os ecossistemas terrestres, marinhos e outros ecossistemas aquáticos. Refere-se à variedade de vida no planeta Terra, incluindo a variedade genética dentro das populações e espécies, a variedade de espécies da flora, da fauna e de microrganismos, a variedade de funções ecológicas desempenhadas pelos organismos nos ecossistemas; e a variedade de comunidades, habitats e ecossistemas formados pelos organismos. Refere-se à riqueza (número) de diferentes seres e à abundância relativa desses mesmos seres.

A Biodiversidade é uma das propriedades fundamentais da natureza, responsável pelo equilíbrio e estabilidade dos ecossistemas.

Bioma - Um dos grandes ecossistemas da Terra, caracterizado pelas condições de clima e de solo, que determinam um tipo particular de vegetação e, consequentemente, os tipos de animais e de outros seres vivos que nele se desenvolvem. Exemplos: tundra, taiga, floresta pluvial tropical e deserto.

Biosfera - Esfera da vida. Toda vida na Terra ocorre numa faixa a que se dá o nome de biosfera. Inclui a superfície da Terra, os rios, os lagos, mares e oceanos e parte da atmosfera.

Ecossistema - Comunidade de espécies vegetais, animais e microrganismos de um habitat que, em conjunto com os elementos abióticos (meio físico-químico) do ambiente, interagem como um sistema estável. A funcionalidade do sistema opera através de cadeias alimentares, que são ciclos biológicos de reciclagem da matéria viva, em que espécies dependem de outras espécies para completar seu ciclo biológico. Ou seja: É a interacção entre seres vivos da mesma espécie, a interacção entre seres vivos de espécies diferentes e a interacção destes e o meio físico-químico do local onde vivem.

População - Conjunto de indivíduos da mesma espécie, vivendo num mesmo local, e na mesma época.


Comunidade biótica ou biocenose- Conjunto de todos os seres vivos, vivendo num mesmo local, e na mesma época.


Habitat - é o lugar específico onde uma espécie pode ser encontrada, isto é, o seu "ENDEREÇO" dentro do ecossistema.

Nicho ecológico - é o papel que o organismo desempenha no ecossistema, isto é, a "PROFISSÃO" do organismo no ecossistema. 0 nicho informa às custas de que se alimenta, a quem serve de alimento, como se reproduz, etc.

Biótopo - são o conjunto de factores fisico-químicos (factores abióticos: água, tipo de solo, clima...)existentes num determinado ecossistema.

Habitat é o tipo de local ou lugar físico normalmente habitado pelos indivíduos de uma espécie.
Exemplo: Uma planta pode ser o habitat de um insecto, o leão pode ser encontrado nas savanas africanas, etc.

Nicho Ecológico é o ‘lugar funcional’ ocupado por uma espécie dentro do seu sistema.
Exemplo: o leão actua como predador devorando grandes herbívoros, como zebras e antílopes.
É praticamente impossível que duas espécies ocupem o mesmo nicho ecológico.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Powerpoint sobre "A Terra como um Sistema"


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


A Terra como um Sistema

Sistema – é um conjunto de elementos que se relacionam entre si, que estão organizados em função de um objectivo e que estão delimitados por uma fronteira, a qual permite a troca matéria e/ou energia entre o interior e o exterior do mesmo.

Assim, qualquer parte do Universo é um Sistema.

Um átomo é um sistema, uma célula é um sistema, um tecido vivo é um sistema, um órgão é um sistema, um ser vivo pluricelular é um sistema (constituído por células microscópicas que trocam continuamente matéria e energia com o meio), uma população é um sistema, uma comunidade é um sistema, um ecossistema é um sistema (onde cada subsistema – organismo, população, comunidade – realiza trocas com o meio), a biosfera é um sistema, a atmosfera é um sistema, a litosfera é um sistema, a geosfera é um sistema, a hidrosfera é um sistema, um planeta é um sistema, o sistema solar é um sistema, uma galáxia é um sistema, etc.

Assim sendo, o Planeta Terra é um sistema, sendo, por isso, um conjunto de elementos que se relacionam entre si e que estão organizados em função de um objectivo, trocando matéria e/ou energia. O Sistema Terra é constituído por vários subsistemas: A Atmosfera, a Hidrosfera, a Biosfera e a Geosfera.

A Atmosfera é formada pela camada gasosa que envolve a hidrosfera, a geosfera e a biosfera, podendo também penetrar nestes subsistemas, estabelecendo, com eles, continuamente, trocas de matéria e energia.

Da Biosfera fazem parte todos os seres vivos que povoam a Terra. Os seres vivos interagem, de forma contínua, com os diferentes subsistemas onde estão integrados, influenciando-se mutuamente. Existem seres vivos na geosfera, na atmosfera e na hidrosfera.

A Geosfera é representada pela parte sólida da Terra, quer a parte superficial (à qual se dá o nome de Litosfera), quer a parte mais profunda. As rochas e os solos fazem parte deste subsistema. A geosfera serve de suporte a grande parte da vida terrestre, fornecendo muitos dos materiais necessários à manutenção dessa vida. As plantas terrestres, por exemplo, captam do solo grande parte dos seus nutrientes. Muitos dos produtos resultantes da decomposição dos cadáveres e restos de seres vivos ficam integrados na geosfera.

A Hidrosfera é constituída pelos reservatórios de água que existem na Terra. Os oceanos, os mares, os rios, os lagos, os glaciares, e as águas subterrâneas fazem parte da hidrosfera. A água movimenta-se Na natureza passando sucessivamente de um reservatório a outro, constituindo esse movimento o “Ciclo da água” ou “Ciclo hidrológico”.

Num Ecossistema os seres vivos estão organizados em comunidades e estas em populações, constituindo sistemas que se relacionam entre si trocando matéria e energia. O funcionamento e organização de todos os sistemas permitem manter o ecossistema em equilíbrio dinâmico.

O equilíbrio da Terra depende do bom funcionamento dos seus diferentes sistemas. Qualquer perturbação de um deles, muitas vezes provocada pelo Homem, origina desequilíbrios no Sistema Global, como é o caso do sobreaquecimento do planeta como resultado da poluição da
atmosfera.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Como apareceu a vida na Terra

1º - A energia solar proporciona luz e calor ao planeta. A radiação ultravioleta atingia a superfície da Terra queimando-a.

2º - Como consequência da intensa actividade vulcânica (expelindo lava, cinza, azoto, vapor de água, hidrogénio e dióxido de carbono), os oceanos de magma banham a superfície terrestre formando-se a atmosfera primitiva (Constituída por CO2 (Dióxido de Carbono), CH4 (Metano), N2(Azoto), NH3 (Amoníaco) e H2O (Vapor de Água) que resulta essencialmente do aprisionamento de gases provenientes da actividade vulcânica.


3º – A existência de chuvas contínuas sobre o planeta já arrefecido permite a formação dos oceanos primitivos. Posteriormente forma-se matéria orgânica nos oceanos (Porque estavam protegidos das radiações ultravioleta do Sol).


4º – Aparecem as primeiras formas de vida (bactérias e algas) nos oceanos que começam a realizar a fotossíntese. Liberta-se oxigénio para a atmosfera que resultou maioritariamente da actividade fotossintética. A explosão de vida foi ocorrendo nos oceanos.


5º – O Oxigénio libertado para a atmosfera primitiva é bombardeado pelas radiações ultravioleta do Sol, separando o oxigénio molecular (O2) em oxigénio atómico (O), formando Ozono(O3)

6º- Forma-se a camada de ozono.

7º- A atmosfera passa a ter uma composição idêntica à actual com CO2 (Dióxido de Carbono), N2(Azoto), H2O (Vapor de Água), O2 (Oxigénio) e O3 (Ozono). As primeiras formas de Vida que invadiram os continentes terão sido vegetais primitivos.


8º – A actividade vulcânica diminui consideravelmente. Os seres vivos ocupam mares e continentes, devido à presença da camada de ozono que os protege dos raios ultravioleta do Sol.

O que faz da Terra um planeta com vida?

- A distância da Terra em relação ao Sol (150 milhões km) é a distância ideal para permitir que a energia solar proporcione luz e calor ao planeta, necessários à vida

- A existência de um planeta com crosta sólida que resultou essencialmente da erupção de vulcões que expeliram para a superfície matéria do seu exterior.

- A existência de água nos seus três estados: sólido, líquido e gasoso

- A existência de atmosfera rica em oxigénio a partir da qual se formou a camada de ozono, que protege a Terra dos nocivos raios ultravioleta.

- O aparecimento dos seres vivos também condicionou a evolução da Terra como planeta – as primeiras bactérias e algas fotossintéticas enriqueceram a atmosfera de oxigénio.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...