sábado, 1 de julho de 2017

Madagáscar precisa de três anos para vencer praga de gafanhotos



Três anos e cerca de 33 milhões de euros serão necessários para que Madagáscar consiga vencer uma devastadora praga de gafanhotos que está a afectar o país.

O alerta é da organização das Nações Unidas para a alimentação e agricultura (FAO, na sigla em inglês), que diz que a segurança alimentar de 13 milhões de pessoas está em risco.

No final do ano passado, o Governo do país já tinha lançado um alerta e pedido auxílio técnico à FAO. A situação degradou-se depois do ciclone Haruna, que atingiu Madagáscar em Fevereiro. Além dos danos em si, o ciclone deixou zonas alagadas, proporcionando boas condições para a reprodução dos gafanhotos, que se espalharam pelo país em densos enxames.

Se nada for feito, segundo a FAO, dois terços do país poderão ser afectados pela praga, com consequências dramáticas sobretudo na Região Sudoeste, onde 80% da população vive abaixo do limiar da pobreza. “Dependendo do seu tamanho e densidade, uma enxame de gafanhotos pode consumir até 100.000 toneladas por dia de vegetação, incluindo culturas agrícolas”, lembra a FAO, num comunicado.

Serão necessárias três campanhas anuais para controlar a situação, com a aplicação de insecticidas e outras medidas de controlo. A primeira deverá começar já a partir de Setembro, com o tratamento de 1,5 milhões de hectares.

http://www.publico.pt
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...