quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Powerpoint - Locomoção dos Animais


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Pelosiro - Educação - Lista de Sites


Ensino Regular
Educadora de Infância - Link
Net Ciências - Link
Net Matemática - Link
Net Física Química - Link
Net Primeiro Ciclo - Link
Ciencias Sociais na Net - Link
Explica Filosofia - Link
Explica Geografia - Link
Explica História - Link
Departamento de Expressões - Link
Departamento de Línguas - Link
Tecnologias de Informação e Comunicação - Link

Educação Especial
A Educação Especial - Link

Educação de Adultos
Educação e Formação de Adultos - Link

Ensino Profissional
Portal Nacional de Saúde e Socorrismo  - Link
Portal Ambiental Nacional - Link
Portal Nacional da Indústria Alimentar - Link
Portal Nacional de Turismo - Link
Agricultura e Desenvolvimento Rural - Link
Ensino Profissional e Vocacional - Link
Higiene e Segurança no Trabalho - Link

Educação Sexual
A Educação Sexual - Link

Educação
Escola XXI - Link

Powerpoint - Comportamentos Reprodutores


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Powerpoint - Reprodução dos Animais


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Powerpoint - Dimorfismo Sexual


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

domingo, 26 de novembro de 2017

Powerpoint - Metamorfoses


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


sábado, 25 de novembro de 2017

Ciências Naturais - Powerpoint sobre a Influência dos Factores do Meio no Comportamento dos Animais


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


Resumo sobre Organização Celular



Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

Resumo sobre a Célula e Organitos Celulares



Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

Resumo sobre Microscopia



Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

Resumo sobre a Diversidade na Biosfera






Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

Resumo Teórico sobre "A Célula Eucariótica"


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

Resumo sobre "O Microscópio"

Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

Célula


As células são as unidades estruturais e funcionais dos organismos vivos. Alguns organismos, tais como as bactérias, são unicelulares (consistem em uma única célula). Outros, tais como os seres humanos, são pluricelulares (várias células).

O corpo humano é constituído por aproximadamente 10 trilhões (mais de 1013) de células; A maioria das células vegetais e animais têm entre 1 e 100 µm e, portanto, são visíveis apenas sob o microscópio; a massa típica da célula é um nanograma.

A célula foi descoberta por Robert Hooke em 1663/ 1665.Em 1837, antes de a teoria final da célula estar desenvolvida, Jan Evangelista Purkyně observou "pequenos grãos" ao olhar um tecido vegetal através de um microscópio. A teoria da célula, desenvolvida primeiramente em 1838 por Matthias Jakob Schleiden e por Theodor Schwann, indica que todos os organismos são compostos de uma ou mais células. Todas as células vêm de células preexistentes. As funções vitais de um organismo ocorrem dentro das células, e todas elas contêm informação genética necessária para funções de regulamento da célula, e para transmitir a informação para a geração seguinte de células.

A palavra "célula" vem do latim: cellula (quarto pequeno). O nome descrito para a menor estrutura viva foi escolhido por Robert Hooke. Em um livro que publicou em 1665, ele comparou as células da cortiça com os pequenos quartos onde os monges viviam.

História da Célula


As células foram descobertas entre 1663 e 1665 pelo inglês Robert Hooke. Ao examinar em um microscópio rudimentar, uma fatia de cortiça, verificou que ela era constituída por cavidades poliédricas, às quais chamou de células (do latim "cella", pequena cavidade). Na realidade Hooke observou blocos hexagonais que eram as paredes de células vegetais mortas.

Enquanto isso, Antonie van Leeuwenhoek (1632–1723), um holandês que ganhava a vida vendendo roupas e botões, estava gastando seu tempo livre moendo lentes e construindo microscópios de qualidade notável. Ele desenhou protozoários, tais como o Vorticella da água da chuva, e bactérias de sua própria boca. Van Leeuwenhoek foi contemporâneo e amigo do pintor Johannes Vermeer (1632-1675) da cidade de Delft que foi pioneiro no uso da luz e da sombra na arte ao mesmo tempo em que van Leeuwenhoek estava explorando o uso da luz para descobrir o mundo microscópico.

Em 1838 Matthias Schleiden e Theodor Schwann, estabeleceram o que ficou conhecido como teoria celular: "todo o ser vivo é formado por células tronco".

As células são envolvidas pela membrana celular e preenchidas com uma solução aquosa concentrada de substâncias químicas e substâncias físicas, o citoplasma em que se encontram dispersos organelos (por vezes escrito organelas, organóides, orgânulos ou organitos).

As formas mais simples de vida são organismos unicelulares que se propagam por cissiparidade. As células podem também constituir arranjos ordenados, os tecidos.

Informação retirada daqui:
https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A9lula

Estrutura - Células Procarióticas


De acordo com a organização estrutural, as células são divididas em: eucarióticas e procarióticas. As células procarióticas são geralmente independentes, enquanto que as células eucarióticas são frequentemente encontradas em organismos multicelulares.

As células procarióticas, também chamadas de protocélulas, são muito diferentes das eucariontes. Em geral, são bem menores e menos complexas estruturalmente do que as células eucarióticas.. A sua principal característica é a ausência da carioteca individualizando o núcleo celular ao qual chamamos de nucleoide., pela ausência de alguns organelos e pelo pequeno tamanho que se acredita que se deve ao fato de não possuírem compartimentos membranosos originados por evaginação ou invaginação. Também possuem DNA na forma de um anel associado a proteínas básicas e não a histonas (como acontece nas células eucarióticas, nas quais o DNA se dispõe em filamentos espiralados e associados a histonas).

Estas células são desprovidas de mitocôndrias, plastídeos, complexo de Golgi, retículo endoplasmático e sobretudo cariomembrana o que faz com que o DNA fique disperso no citoplasma. Como organela, só possuem ribossomos. A este grupo pertencem:
-Bactérias
-Cianófitas (Cyanobacterias)
-PPLO ("pleuro-pneumonia like organisms")

As bactérias dos grupos das Rickettsias e das clamídias são muito pequenas, sendo denominadas células incompletas por não apresentarem capacidade de auto-duplicação independente da colaboração de outras células, isto é, só proliferarem no interior de outras células completas, sendo, portanto, parasitas intracelulares obrigatórios.

Diversas doenças de importância médica tem sido descritas para organismos destes grupos, incluindo algumas vinculadas aos psitacídeos (papagaios e outras aves, a psitacose) e carrapatos (a febre maculosa, causada pela Rickettsia rickettsii).

Estas bactérias são diferente dos vírus por apresentarem:
-conjuntamente DNA e RNA (já foram encontrados vírus com DNA, adenovirus, e RNA, retrovírus, no entanto são raros os vírus que possuem DNA e RNA simultaneamente);
-parte incompleta da "máquina" de síntese proteica celular necessária para reproduzirem-se;
-uma membrana celular semipermeável, através da qual realizam as trocas com o meio envolvente.

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Teste de Avaliação sobre Plantas

Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


Teste de Avaliação sobre Plantas



Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


Ciências Naturais - A Identificação das folhas nas Áreas Protegidas

(Clique na Imagem)

Actividade Experimental sobre a Folha


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


Actividade experimental sobre os constituintes de uma flor


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


Powerpoint sobre a Diversidade das Plantas


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



Powerpoint sobre a Diversidade das Plantas


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



Ciências Naturais - Powerpoint sobre o Reino Vegetal


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



Ciências Naturais - Powerpoint sobre a Influência dos Factores do Meio nas Plantas


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



Ciências Naturais - Powerpoint sobre Raízes


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


Ciências Naturais - Powerpoint sobre a flor


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



Ficha de Trabalho sobre Plantas


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


Ciências Naturais - Ficha de Trabalho sobre Plantas com Flor


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


Ciências Naturais - Multimédia - As Plantas

As plantas

Descritivo : Pequena animação em Flash, que permite fazer a observação dos componentes de uma planta, quer estruturadamente quer em ampliação. Este objecto foi construído pelo Bio-DiTRL, projecto do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade de Alberta no Canadá, cujo endereço é http://bio-ditrl.sunsite.ualberta.ca/ e a quem agradecemos na pessoa de Jerry Filipski a disponibilização para colocar os materiais. É extremamente simples de utilizar. Possui incorporadas várias imagens que são visiveis quando se activa a lupa que surge no decorrer do movimento do rato nas diferentes observações.



Interactividade: Baixa
Tempo: Varíável
Enviado por: silva.pinto


Site: http://www.biology.ualberta.ca/facilities/multimedia/index.php

Ciências Naturais - Multimédia - As Plantas

As plantas

Descritivo : Pequena animação em Flash, que permite fazer a observação dos componentes de uma planta, quer estruturadamente quer em ampliação. Este objecto foi construído pelo Bio-DiTRL, projecto do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade de Alberta no Canadá, cujo endereço é http://bio-ditrl.sunsite.ualberta.ca/ e a quem agradecemos na pessoa de Jerry Filipski a disponibilização para colocar os materiais. É extremamente simples de utilizar. Possui incorporadas várias imagens que são visiveis quando se activa a lupa que surge no decorrer do movimento do rato nas diferentes observações.



Interactividade: Baixa
Tempo: Varíável
Enviado por: silva.pinto


Site: http://www.biology.ualberta.ca/facilities/multimedia/index.php

Conjunto de Atividades sobre as Plantas

Exercício 1

Exercício 2

Ciências Naturais - Powerpoint sobre a deslocação dos animais


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Ciências Naturais - Powerpoint sobre os animais


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Ciências Naturais - A Locomoção dos Animais



Vídeos com várias formas de locomoção no Reino Animal



Diversos tipos de Locomoção dos Animais

Vídeo sobre Biodiversidade em Palavras, Imagens e Música

Vídeo sobre animais

Vídeo sobre os 10 Animais Mais Perigosos do Mundo

Vídeo sobre a Declaração dos Direitos dos Animais

Vídeo sobre as formas e revestimento dos animais

Vídeo sobre o revestimento dos animais

Ciências Naturais - Vídeo sobre a Locomoção dos Animais

Ciências Naturais - Vídeo sobre a reprodução dos animais

Ciências Naturais - Vídeo sobre Comportamento Animal (Reprodução de Borboletas)

Ciências Naturais - Vídeo sobre o acasalamento nos animais

Ciências Naturais - Vídeo sobre a Metamorfose das Borboletas

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Powerpoint com o jogo do Esqueleto Humano


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box


segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Ciências Naturais - Jogo dos Animais da Selva


(Clique na Imagem)


domingo, 19 de novembro de 2017

Ciências Naturais - Tantos Animais

(Clique na Imagem)

sábado, 18 de novembro de 2017

Ciências Naturais - Jogo dos Animais da Quinta

(Clique na Imagem)


sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Ciências Naturais - O Palhaço

(Clique na Imagem)

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Ciências Naturais - O Circo

(Clique na Imagem)

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Ciências Naturais - Jogos - Os Seres Vivos do Ambiente Próximo - Animais


terça-feira, 14 de novembro de 2017

Ciências Naturais - Multimédia - Propulsão por jacto nas lulas

Descritivo : Aplicação em Flash que permite observar o processo de locomoção dos moluscos Cefalópodes (lulas) de forma a que o utilizador seja activo com a aplicação. Este objecto foi construído pelo Bio-DiTRL, projecto do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade de Alberta no Canadá, cujo endereço é http://bio-ditrl.sunsite.ualberta.ca/ e a quem agradecemos na pessoa de Jerry Filipski a disponibilização dos materiais.


Interactividade: Activo
Tempo: Variável
Enviado por: silva.pinto


Site: http://www.biology.ualberta.ca/facilities/multimedia/index.php

Ciências Naturais - Vídeo sobre as transformações das borboletas

Ciências Naturais - Vídeo sobre a Lagarta - Inovação

Ciências Naturais - Vídeo sobre a Metamorfose de Rã Touro

Ciências Naturais - Vídeo sobre Ética Ambiental

Ciências Naturais - Vídeo sobre as transformações das borboletas

Ciências Naturais - Vídeo sobre a Hibernação dos Ursos

Ciências Naturais - Vídeo sobre a Hibernação da Tartaruga

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Ciências Naturais - Vídeo sobre Criacionismo - A Migração da borboleta

Ciências Naturais - Vídeo sobre Locomoção dos Animais

Ciências Naturais - Vídeo sobre Locomoção nos animais

Ciências Naturais - Vídeo sobre Locomoção dos animais

Ciências Naturais - Vídeo sobre Locomoção e Sustentação

Ciências Naturais - Revestimento dos animais

Ciências Naturais - Nós, os fantásticos seres vivos: uma breve história sobre Evolução (com legendas em português)

Ciências Naturais - Animais e Habitat

Ciências Naturais - Vídeo - Locomoção dos animais

Ciências Naturais - Vídeo - Revestimento dos Animais - Pêlos e Penas

Ciências Naturais - Vídeo sobre os Micróbios

Ciências Naturais - Locomoção dos animais no solo

Ciências Naturais - Locomoção

Ciências Naturais - Revestimento Pêlos e Penas

Ficha de Trabalho sobre o Revestimento do Corpo dos Animais


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

domingo, 12 de novembro de 2017

Ficha de Trabalho sobre os vários tipos de revestimento do corpo dos Animais


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

sábado, 11 de novembro de 2017

Ficha de Trabalho sobre Formas e Revestimento do Corpo dos Animais


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Ficha de Trabalho sobre Locomoção dos Animais


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Ciências Naturais - Revestimento dos animais


1. Revestimento do corpo dos animais
O revestimento do corpo dos animais varia com as espécies e tem como principais funções:
-proteger o animal contra os agentes do ambiente;
-regular a temperatura do corpo;
-facilitar a defesa do animal.


2. Revestimento do corpo dos animais vertebrados
Os animais vertebrados estão cobertos pela pele que é formada por duas camadas:
-epiderme: camada exterior da pele;
-derme: camada interior da pele onde se encontram os vasos sanguíneos, glândulas produtoras do suor, etc.

A pele pode apresentar-se:
-nua: nos anfíbios, coberta apenas por muco, importante para a respiração;
-com pêlos: nos mamíferos, com origem na espiderme mantêm a temperatura do corpo;
-com escamas: nos répteis têm origem na epiderme e nos peixes têm origem na derme;
-com penas: nas aves, têm origem na epiderme, mantêm a temperatura e são impermeáveis.


3. Revestimento do corpo dos animais invertebrados
Os animais invertebrados podem ser revestidos por:
-cutícula: camada inpermeável que protege o corpo mole dos animais;
-esqueleto externo ou exosqueleto: protecção externa que dá rigidez ao corpo constituída por quitina (substância rígida que imepede a perda excessiva de água nos insectos) ou por substâncias calcárias (crusta, conchas, placas e espinhos calcários).

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Notícia - Cientistas investigam papa-formigas-pigmeu

O tamanduá é uma espécie quase desconhecida. Sabe-se apenas que mede 20 centímetros e pesa cerca de 300 gramas.

Um grupo de cientistas brasileiros está na floresta da Amazónia em busca de novas informações sobre a menor espécie de tamanduá do mundo, o Cyclopes didactylus. Conhecido como tamanduá, o animal ainda foi pouco estudado, mas sabe-se que tem peso médio de 300 gramas e mede 20 centímetros, descontando a cauda, revela o Globo. A maior espécie de papa-formigas existente, o tamanduá-bandeira, pode pesar 50 kg e medir até 2 metros, contando a cauda, e está ameaçada de extinção. De acordo com Flávia Miranda, pesquisadora do Instituto de Pesquisa e Conservação de Tamanduás no Brasil (Projecto Tamanduá), ainda não é possível dizer se o tamanduá corre risco de desaparecer, devido à escassez de informações. Mas há relatos de que o animal é capturado para domesticação e suspeita-se de que é caçado como alimento em algumas comunidades da floresta. "Não há estatísticas sobre o tamanduá", explica, embora se pense que a população da espécie na Amazónia é vasta. A distribuição original abrange florestas tropicais na América Central e do Sul, em regiões abaixo de 1500 m de altitude. Esta nova pesquisa vai permitir fazer descrições sobre a ecologia, as doenças e a genética da espécie. "Pretendemos entender como vivem as populações do animal no Brasil e, a partir disso, identificar um plano de acção." Por enquanto, sabe-se que o tamanduá tem hábitos nocturnos e que se alimenta basicamente de formigas e térmitas.

domingo, 5 de novembro de 2017

Notícia - Aranha de 16 centímetros cria teias douradas

Uma equipa de investigadores do museu de História Natural Smithsonian e da Academia de Ciências da Eslovénia descobriu uma nova espécie de aranha com 16 centímetros, na África do Sul.

O aracnídeo, baptizado ‘Nephila’, além do seu impressionante tamanho, caracteriza-se pela sua capacidade para tecer uma teia de aranha dourada com um metro de diâmetro.

Actualmente são conhecidos 41 mil tipos de aracnídeos, sendo que todos os anos são acrescentadas entre 450 e 500 novas espécies. No entanto, desde o século XIX que não era descoberto um espécime que tecesse teias em tons dourados, tornando esta descoberta extraordinária na área.

Apesar das fêmeas poderem atingir os 16 centímetros, os machos são cinco vezes mais pequenos.

Os cientistas que publicaram o achado, na revista ‘PLoS ONE’, temem que a aranha esteja em risco de extinção pelo facto de o seu habitat estar restrito a um pequeno bosque no Parque Tembe Elephant, em KwaZulu-Natal.

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Notícia - Descoberto animal que faz fotossíntese

Uma equipa de cientistas norte-americanos da Universidade da Flórida do Sul, descobriu o primeiro animal que consegue realizar a fotossíntese, algo que até agora era exclusivo das plantas. A Elysia chlorotica é uma lesma do mar de cor verde, que habita a costa este dos Estados Unidos e Canadá.

A lesma era conhecida por “roubar” os genes das algas de que se alimenta, as Vaucheria litorea. Desta forma obtinha os cloroplastos – estruturas de cor verde características de células vegetais que permitem a conversão da luz solar em energia –, armazenando-os nas células que cobrem os seus intestinos. No entanto, os últimos estudos da equipa de cientistas revelam que o molusco marinho desenvolveu as suas capacidades químicas, permitindo-lhe fabricar clorofila – pigmento que captura a luz solar - sem necessitar de roubar aos seus alimentos.

Os investigadores utilizaram um sofisticado equipamento radioactivo que comprova a produção dos pigmentos fotosintéticos de forma autónoma. Na lesma marinha, os cloroplastos extraídos permanecem activas durante um ano, o que significa que, no caso de uma lesma jovem se alimentar uma vez das algas Elysia chlorotica e tiver acesso à luz solar, não tem necessidade de voltar a comer durante a sua vida.

De acordo com a equipa de cientistas, durante o estudo, que será publicado na revista ‘Symbiosis’, foram encontrados exemplares da Vaucheria litorea que não se alimentavam há pelo menos cinco meses.




Luís Murteira Nunes

Criaturas do Mar Profundo

Criaturas do Mar Profundo

Criaturas do Mar Profundo

Mundo Miscrocópico "Extraterrestre"








Mundo Microscópico "Extraterrestre"







Mundo Microscópio "Extraterrestre"








Animais que parecem Extraterrestres







Animais que parecem Extraterrestres









Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...